reprodução automática próximo vídeo em 5s

Bolsonaro defende tortura como 'tratamento enérgico' em determinados casos

O deputado diz que tortura na ditadura militar 'não era política de Estado' e afirma que os torturados eram 'bandidos treinados em Cuba para praticar o terrorismo e chegar ao poder'. Jair Bolsonaro também explica seu posicionamento a respeito do 'kit gay' e de pena de morte.

UOL Cursos Online

Todos os cursos