reprodução automática próximo vídeo em 5s

Janaína Paschoal diz que agressor tinha camisa "Lula Livre"

A advogada Janaína Paschoal foi uma das primeiras apoiadoras de Jair Bolsonaro a chegar ao Hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, para a acompanhar a internação do presidenciável. Ela é candidata a deputada federal pelo PSL e chegou a ser cotada, na pré-campanha, para ser vice de Bolsonaro. Ela também é uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

”Não consigo ver [o atentado ao candidato] como um ato isolado”, disse. “Estou falando dessas pessoas que estavam no poder e que não estão aguentando a realidade de que perderam o poder”. De acordo com a advogada, “a imprensa não está mostrando essa pessoa [o agressor preso] com camiseta ‘Lula Livre’ nas redes sociais“. “Ele [o agressor] faz parte do grupo” disse, sem se referir a qual.

Apesar das declarações da candidata, não foi possível encontrar nenhuma foto de Adelino com camisetas alusivas ao ex-presidente Lula nas redes sociais dele.

UOL Cursos Online

Todos os cursos