reprodução automática próximo vídeo em 5s

PT precisa falar para além de um terço do eleitorado, diz líder do partido

Líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) afirma, em entrevista ao UOL e à Folha de S.Paulo, que a sigla precisa se reinventar para disputar as próximas eleições e começar a dialogar além da sua base social, que representaria, segundo ele, um terço da sociedade.
Para o senador, o PT, desgastado pela Operação Lava Jato, precisou se fechar em copas e dar ordem unida à tropa de resistir a fim de sobreviver ao pleito de 2018. Se considerarmos todo o massacre que o partido sofreu, nós chegamos perto, diz ele, em referência à derrota de Fernando Haddad para Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da disputa pela Presidência.
O parlamentar afirma ainda ver a legenda muito contaminada pela repercussão dos escândalos e denúncias de corrupção que ocorreram na esteira da Lava Jato. Por outro lado, ele aponta um caminho: Aos poucos, o partido vai saindo dessa posição e vai compreendendo, por exemplo, que nós não podemos continuar falando só para aquele terço da população que é a nossa base social. Leia mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos